• Pauta News

Cidade paraibana não tem quadra poliesportiva adequada: "uma vergonha"


FOTO: Aurea Cristina Barros

A prática esportiva é uma das atividades essenciais para a saúde das pessoas. Porém, essa qualidade de vida não está sendo oferecida à população de Piancó, no sertão paraibano. O município, que é um dos mais velhos do estado e está Localizado na região do Vale do Piancó, completará em novembro 273 anos. Lá vivem cerca de 16 mil habitantes, segundo o IBGE. A idade já avançada não foi sinônimo de desenvolvimento. Para se ter uma ideia, hoje, a população piancoense não tem nenhum espaço para praticar esportes tradicionais, como vôlei e futsal.


Praticar esportes físicos é uma opção saudável e recomendável pelos profissionais da área. "A maior importância na prática de qualquer atividade física é a qualidade de vida, uma vez que trabalha o corpo e a mente, e quando falamos da prática esportiva, estamos com essa relação de corpo e mente bem alinhadas", afirma Gicelly Oliveira, profissional de Educação Física.

A juventude local não tem opções de lazer. Os únicos espaços que existem estão em ruínas, não têm iluminação e nem cobertura. A prefeitura chegou a começar a construção de uma quadra municipal, em 2018, com vestiários para a Escola Municipal Luciano Freires de Farias. Abriu licitação no valor de quase 150 mil reais para a conclusão da obra, mas até agora está parada e em meio ao mato que cresceu após o abandono pela prefeitura. Apenas o piso foi feito até agora.



O ginásio da antiga Escola Estadual Beatriz Loureiro Lopes está em ruínas. Fechado juntamente com a escola, não possuí iluminação e não há telas, redes ou paredes que impeçam a bola de cair longe da quadra, sendo um incômodo para as pessoas. Mesmo assim, está sendo utilizado pelas crianças, mas não tem nenhuma condição para a realização de competições esportivas.



As opções de lazer para a prática esportiva da população jovem estão cada vez mais pobres e restritas. Deveria ter um incentivo a mais do município, pelo fato da cidade de Piancó ter apenas um ginásio poliesportivo e mesmo assim está passando por reformas e pertencer ao estado. Não tem mais aquele acesso para que os jovens possam praticar, alguns buscam, mas a cada dia que passa diminui a busca pela prática esportiva, pois não tem ambientes disponíveis e seguros”, disse o estudante Jânio Remígio (21).


O único local que o jovem se refere é a quadra poliesportiva da Escola Estadual Santo Antonio, mas atualmente toda a escola encontra-se em reforma desde o ano passado. Era essa quadra que as pessoas usavam para jogar vôlei ou futsal durante à noite, por exemplo, já que só ela possuía iluminação e tinha uma qualidade aceitável.



Para o personal trainer Ditinho (33), o município não estimula competições e nem tem opções de lazer. “Não há nenhum incentivo ao esporte. Piancó não tem condições e nem estrutura para a realização de qualquer modalidade esportiva, estou sendo sincero. Em questão de esporte e lazer é muito pobre. Uma vergonha! Uma cidade que não pensa no futuro das crianças e dos jovens, que ao invés de estarem fazendo algum esporte, estão ocupando a mente usando drogas, etc", afirma.


Segundo o vereador Cícero de Zé Rico, que faz oposição ao governo municipal, o esporte piancoense é "um colapso total". De acordo com o representante do povo, não há incentivo à prática esportiva e a gestão pública da cidade não olha para o esporte.


"É tanto que o único estádio de futebol que temos foi todo abaixo. Estão dizendo que tem uma licitação para fazer uma reforma, mas qual reforma se o estádio está todo no chão? Tem que ser reconstruído e para isso dizem que tem 114 mil reais, mas não dá para fazer nem o vestiário. Então a situação não é fácil", completa.

Nós entramos em contato com a secretária de educação e esportes do município, Helliany Kênya, a qual informou que “a prática esportiva em Piancó não dispõe de espaços públicos onde possa ser desenvolvida”. Porém, a secretária disse que “já existem projetos e licitações feitas pela gestão municipal que irão subsidiar oportunidades de adquirirmos espaços públicos e assim melhorar a prática esportiva na nossa cidade”, mas não citou nenhum projeto ou licitação.


Também tentamos saber a opinião do vereador líder da situação na câmara e atual presidente da casa, Wallace Militão (Progressistas), sobre a situação do esporte local, mas não obtivemos retorno até o fechamento desta matéria.


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo